2012-08-23

Bacalhau, a grande vitória Viking

Desde o ano 800 que os Vikings assaltavam com alguma regularidade a costa Ibérica. Chegaram mesmo a tomar Sevilha durante uma semana, pilharam Braga, Porto, Lisboa.... os seus raids eram causa de temor por toda a península.

O objectivo era sempre o mesmo, chegavam, pilhavam até algum Imir ou Duque reunir um exército, e voltavam aos barcos partindo para outro destino. Por incrível que pareça, esse lado violento dos Vikings foi o que menos nos marcou a nós, Portugueses.


Desde cedo que os vikings conheciam as propriedades do bacalhau. Muito rico em proteína para um peixe e de secagem fácil, era neste estado (seco) que era transportado nos drakars vikings servindo de alimento para as longas viagens. Por mais que uma vez, quando um raid Viking corria mal era dada a hipótese aos vikings sobreviventes de se converterem ao cristianismo em vez da morte. E tal aconteceu, até ao ponto de tal "familiaridade" que se deixou populações vikings fundarem povoados na nossa costa (Póvoa de Varzim por exemplo).

Foi devido a esta mistura cultural que os povos do norte descobriram o sal de Aveiro (considerado na altura o melhor do mundo, passando barcas Vikings a vir à região de aveiro não para saquear mas para comprar sal em troca de mel e madeira nórdica). Mas foram realmente os Portugueses que exploraram por completo o bacalhau. Juntaram a seca do bacalhau ao processo de o salgar, e com o tempo se arranjaram as "mais de 1000" receitas do peixe que ficou conhecido como o "fiel amigo".


Numa época em que a preservação e refrigeração da comida era um dos factores que limitava o desenvolvimento humano, o bacalhau foi um enorme sucesso, de tal modo que por volta de 1550 60% do peixe comido em toda a Europa era bacalhau. Ficou assim registado na história o resultado inesperado dos raids Vikings em terras lusas.

2012-08-22

Blu Ray a portar-se mal

Ora então, hoje venho pedir-vos ajuda.

Sucede que, pela primeira vez, tentei ver um filme em Blu-Ray no meu PC. Experimentei vários programas. Sucedeu:

Cyberlink PowerDVD 11 - A princípio, correu tudo bem, vi uns minutos (poucos) do filme. A dada altura, o player crashou. A partir daí, declarou que não conseguia ler o disco até que reiniciei o PC. Desde então que, sempre que tento ver qualquer filme (experimentei com dois discos diferentes), me mostra, durante sete segundos, uma mensagem a dizer que o disco foi feito com a mais recente tecnologia e diz que talvez tenha que actualizar o meu leitor. Não é uma mensagem do PowerDVD, mas antes um clip de vídeo com texto branco sobre fundo preto como imagem.

ArcSoft TotalMedia Theatre 5 - Limita-se a mostrar a mesma mensagem, mas a imagem é diferente; o fundo é avermelhado e as letras amarelas. Também mostra um URL da ArcSoft que não ajudou em rigorosamente nada.

 Cyberlink PowerDVD 12 - Limita-se a mostrar a mesma imagem.

Posto que nenhum dos players tinha, que eu conseguisse encontrar, uma função de actualização, resolvi actualizar o firmware e drivers da drive (LG BH10LS30) através do site da LG. Nenhuma mudança.

Algum dos meus colegas já encontrou coisa parecida?

Pax vobiscum atque vale.

EDIT: Depois de instalar e desinstalar cerca de um googleplex de trials e coisas que tais, a seguir à maldita mensagem de 7 segundos, e plea primeira vez, o filme parece estar a correr bem. A ver vamos se não há mais azar...

2012-08-20

Tartessos, Cónios e escrita do sudoeste

Quando os povos gregos chegaram à península ibérica, à cerca de 3200 anos atrás, encontraram um povo nativo que baptizaram de "Tartessos".  Dedicados à agricultura, pesca mas acima de tudo, metalurgia, os Tartessos depressa aprenderam as artes do comércio, e prosperaram ao fornecer bronze, prata e ouro para todo o mediterrâneo , tornando-se, aliás, o maior fornecedor de bronze e prata de todo o mediterrâneo (aliás, até há referências bíblicas ao ouro e prata provenientes de "Tarsis")


Os Tartessos prosperaram durante mais de 500 anos, e estenderam a sua influência por quase metade da península ibérica, e poderiam ter durado muito mais caso não tivessem escolhido o lado Grego durante a guerra com Cartago. Esta civilização desaparece da história abruptamente, como se tivesse sido varrida por um cataclismo, não se sabe inclusive a verdadeira localização da sua capital, Tartesso, que terá provavelmente sido varrida do mapa pelo gigante militar africano.

A partir deste ponto a história é controversa. Há quem defenda que o povo que habitou o sul de Portugal entre VII a.C e o século I era não mais que os "refugiados" Tartessos, mas as diferenças que vou apresentar mais à frente levam-me a discordar.

Acontece que um dos grandes mistérios da península ibérica é exactamente este povo que habitou o sul do País até serem anexados pelos Romanos na província Lusitana. O seu nome era "Cónios" e desenvolveram a escrita antes da chegada dos Fenícios. É aqui que a história fica confusa:


  • A origem dos nativos Iberos é possivelmente muito, muito remota. O registo mais antigo de um "antepassado" são talvez os "Iberomaurisienses" por volta de 7500 a.C (e aliás, mostram a sua cultura "alentejana" ao ficarem na história como amantes de caracóis. As suas pinturas rupestres mostravam frequentemente caracóis, e há inclusive depósitos inteiros de cascas de caracóis encontrados juntamente com vestígios Iberomaurisienses, se isto não serve de prova não sei que servirá)
  • Será possivelmente uma sub-cultura destes "Iberos" que deu origem aos Cónios. Por volta de 1500 a.C, chegam à Península os primeiros povos Celtas (do sul de França) e são estes que"empurram" os Cónios para o Sul do País ao longo de vários anos de conflito, acabando os cónios por se estabelecer a sul do Tejo.
  • 1200 a.C. , chegam os fenícios, e mais tarde os gregos. Ensinam a sua escrita e modo de vida aos Tartessos, mas encontram os Cónios já com uma escrita própria. 
Ora, para quem não sabe, a escrita Cónia ou escrita do Sudoeste é ainda hoje um mistério por desvendar. Partilha alguns dos símbolos fenícios e apenas se conhece o significado de alguns (dos cerca de 60) caracteres. É uma escrita composta por vogais, consoantes, e sílabas. Ou seja, existem caracteres para vogais e consoantes como no alfabeto, mas existem também caracteres para sílabas ou sons inteiros. Isto, aliado ao facto de não existir espaçamento entre palavras torna-a extremamente difícil de decifrar.


A primeira aproximação dos linguistas quanto encontraram escrita Cónia foi traduzir como se de fenício se tratasse, mas há um detalhe importante: A escrita do sudoeste é anterior a qualquer contacto com os fenícios, e logo, este modo de tradução falhou. Passou-se depois para os caracteres mais repetidos, e aí se chegou a um conjunto de glifos que apareciam repetidos em lajes fúnebres (possivelmente algo como "R.I.P"., ou "aqui jaz fulano tal"), mas também o som de "-ipo, -oba, e -uba", presentes em "Olissipo"(Lisboa), "Ossonoba"(Faro) e "Corduba".

Quase tudo o resto é ainda mistério. Se alguem tiver aí um algoritmo xpto, esteja à vontade:








Assange, uma análise à atitude sueca e britânica


Retirado de: Comments on Why didn't the UK government extradite Julian Assange to the U.S.? Could they legally do so if compelled?

That's a red herring. I'll try to explain why, but it's going to be long. (And if you wonder, I'm a Constitutional Law prof.)
This is what happens when the US wants France to extradite someone who eventually could be sentenced to death:
  1. The French courts states that the extradition is impossible because the death penalty could be sought.
  2. The relevant US DA (or their boss at a high enough level) writes down that they will not seek the death penalty, and the French lawyers representing the US in front of the French extradition court produce this paper and enter it in the court's records.
  3. The French extradition court then validates the extradition.
  4. The US DAs keep their promise, because if they don't, the French courts won't ever again extradite anyone towards the US.
What Assange wants is not a decision from Sweden's government, but a promise from Sweden's prosecutors. I'm perfectly familiar with ministertyre (as a cynic, I consider it to be just one of the many ways the Swedes use to feel superior to the others; whenever it matters, ministerstyre is conveniently forgotten, see e.g. the Pirate Bay case...) but it doesn't apply here.
Another interesting tidbit is that Assange is only sought by Sweden for questioning and has not been formally charged. While the British High Court has decided that the current advancement of the Swedish procedure is equivalent to being charged in the UK, I consider this ruling to be an aberration; the common-law steeped High Court failed to understand a finer point of the civil-law influenced Swedish penal procedure.
Being wanted for questioning is the Swedish equivalent of the French penal status of protected witness. This means that someone is sufficiently suspect of a crime that they whould be afforded extra care so that the case against them does not become contaminated by self-incrimination issues, but not sufficiently thought guilty that they would be charged at the moment. The distinction between both cases is simple: charging someone can only be done by a judge; giving someone protected witness status is a decision commonly taken by the senior detective in charge of the case.
The official next step in the Swedish penal procedure would be to question Assange, and, depending on his answers and other elements, then either formally charge him or officially decide not to charge him.
Assange and his lawyers have offered to the Swedish prosecutors to produce Assange for questioning either in person in the UK or through Skype-like videoconference in the Swedish prosecutor's office. The Swedish prosecutors refused. It has happened that judges and prosecutors would move abroad to be able to question someone, but it is uncommon and inconvenient, so there is not much meaning attached to the Swedish prosecutor refusal to go to the UK.
But the refusal to question Assange through videoconference is much more difficult to accept. Not only does it seem to be petty and obstructive, it is also a clear violation of Article 6 Paragraph 1 of the ECHR.
The French penal procedure used to demand similarly that a suspect should surrender and go to prison on the eve of his criminal trial. The European Court consistently found this a violation of 6§1 in a string of cases (Omar, Guerin, Khalfoui, Goth, Papon, Coste, Morel, Walser, etc.) that eventually managed to have the French law amended.
There is not much wiggle room here: Assange has a fundamental right to be questioned by the prosecutors withouthaving to surrender to Swedish police. This is cristal clear jurisprudence from the ECHR, and the Swedish prosecutors know it.
Let me recap (aka TLDR):
  • Assange is not charged (yet) and the High Court is wrong on that point
  • Assange has a fundamental right clearly recognized by the ECHR not to surrender to Swedish police before appearing in front of the Swedish prosecutor
  • The Swedish Prosecution Service has consistently refused to promise that Assange wouldn't be extradited to the US once in Swedish custody; this type of promise is common in extradition cases and within the power of the Swedish prosecution service
  • The Swedish Prosecution Service has refused the opportunity to question Assange through videoconference, while insisting on Assange's surrender to Swedish custody; this is a clear and known violation of the ECHR that the Swedish prosecutors can't ignore.
There's only one possible conclusion: the Swedish prosecutors are acting in bad faith here. Their penal-fu is bad and they should feel bad.

2012-08-19

Canon MP499: erro parvo

A minha mãe comprou uma impressora nova que tentei vagamente pôr a funcionar em Linux. Como o wizard me apresentou 5 componentes diferentes capazes de imprimir achei que era um assunto que merecia mais alguma investigação e como tal desisti.


Assim sendo, resolvi instalar em Windows just in case.

Eis que me aparece esta mensagem singela:



Nice. 0001 0000! How cool is that??
Um  dos passos sugeridos aqui funcionou (desativar o AV e/ou instalar o C:\Windows\System32\DriverStore\FileRepository\sti.inf_x86_neutral_etc_etc\sti.inf em usando clique-direito, instalar). Depois começou a fazer barulho como se o CD tivesse erros e depois de eu andar a matar processos e reiniciar a taskbar que tinha deixado de responder lá funcionou.

PS: isto instala uma toolbar no IE de forma bastante discreta.

2012-08-18

Matar mosquitos

Ocasionalmente, nesta altura do ano, aparecem mosquitos, por variadas razões, na minha cozinha.

Queria portanto partilhar o método que utilizo para me livrar de 90% desses bicharocos: aspirador.

Retirem o tubo comprido, coloquem o tubo mais pequeno que fornece maior poder se sucção e aspirem os mosquitos.

Job done!

Mais informação: wikihow: Como Se Livrar de Moscas de Fruta

2012-08-16

«Julian Assange granted asylum by Ecuador»: pequena nota

Live coverage: Julian Assange granted asylum by Ecuador

Fica aqui um excerto do comunicado do Equador:
Por otro lado, el Ecuador auscultó la posibilidad de que el Gobierno sueco estableciera garantías para que no se extraditara en secuencia a Assange a los Estados Unidos. De nuevo, el Gobierno sueco rechazó cualquier compromiso en este sentido.
(On the other hand, Ecuador auscultated the possibility that the Swedish government guarantees established to not extradite Assange in sequence to the United States. Again, the Swedish government rejected any compromise in this regard.)


2012-08-10

TDT Espanhola e Portuguesa

Estou numa localidade no sul de Portugal e resolvi sintonizar a televisão com um receptor TDT.

De seguida apresento os resultados.


Televisão

  • RTP1
  • RTP2
  • SIC
  • TVI
  • HD
  • Aflam.Tv
  • Tamazight
  • Al Aoula
  • TV 2M
  • Assadissa
  • Arrabia
  • Arriadia
  • TVE-HD Pruebas
  • TDP
  • Xplora
  • laSexta3
  • laSexta HD
  • Energy
  • Cuatro HD
  • Boing
  • Telecinco HD
  • MTV
  • Paramount Channel
  • CANAL COSTA
  • CANAL COSTA 2
  • MUNICIPAL TV
  • ANTENA 3
  • NEOX
  • NOVA
  • Discovery MAX
  • 1 CanalSur TV
  • 2 CanalSur 2 Anda
  • Metropolitan Anda
  • 3 CanalSur HD
  • La 1
  • La 2
  • 24h
  • Clan
  • laSexta
  • laSexta3
  • CUATRO
  • DIVINITY
  • LA TIENDA EN CASA
  • Telecinco
  • FDF
  • LaSiete
  • Intereconomía
  • Disney Channel

Rádio

  • Radio Clasica HQ
  • Radio 3
  • RADIO MARCA
  • Vaughan Radio
  • Canal Sur Radio
  • FalmencoRadio.co
  • Canal Fiesta R.
  • R.A.I.
  • Radio Nacional
  • Radio 5 Todo Noti
  • ABC Punto Radio
  • esRadio
  • Radio Intereconom
A itálico os canais portugueses.

2012-08-06

Kirk, Picard or Adama

Ah, a questão que tira o sono a milhares de geeks pelo mundo fora, Kirk ou Picard? E desde B. Galactica, Adama. Deixo então este post detalhado em aberto para linkarem aos vossos amigos geeks e para se chegar a uma conclusão.

Kirk:

Captain Kirk, mais conhecido como pai do infame darth vader, é dos mais conhecidos capitães do universo star trek. Famoso pelos seus golpes de kung fu e pelo seu ajudante Spok.

Picard:

O grande concorrente contra o Kirk. Morreu e voltou de novo à vida na segunda season de harry potter, conhecido pelo sua mente estratégica. Fez de captain  xavier nos X-men.

Adama:

Grandes dotes de, hum... Grandes sim, dotes. Dotes.



Enfim, sei que vai ser discussão acesa e fonte de muitas pageviews a este blog, tentem manter o civismo.