2009-06-29

O post que SEMPRE quis fazer

AH E TAL, TÁ FRESQUINHO!!!

Spread the Geek Love


Nada melhor que começar com geek love songs!



Deixo-vos com a letra:

Finite Simple Group (of Order Two)
The Klein Four Group

The path of love is never smooth
But mine's continuous for you
You're the upper bound in the chains of my heart
You're my Axiom of Choice, you know it's true

But lately our relation's not so well-defined
And I just can't function without you
I'll prove my proposition and I'm sure you'll find
We're a finite simple group of order two

I'm losing my identity
I'm getting tensor every day
And without loss of generality
I will assume that you feel the same way

Since every time I see you, you just quotient out
The faithful image that I map into
But when we're one-to-one you'll see what I'm about
'Cause we're a finite simple group of order two

Our equivalence was stable,
A principal love bundle sitting deep inside
But then you drove a wedge between our two-forms
Now everything is so complexified

When we first met, we simply connected
My heart was open but too dense
Our system was already directed
To have a finite limit, in some sense

I'm living in the kernel of a rank-one map
From my domain, its image looks so blue,
'Cause all I see are zeroes, it's a cruel trap
But we're a finite simple group of order two

I'm not the smoothest operator in my class,
But we're a mirror pair, me and you,
So let's apply forgetful functors to the past
And be a finite simple group, a finite simple group,
Let's be a finite simple group of order two
(Oughter: "Why not three?")

I've proved my proposition now, as you can see,
So let's both be associative and free
And by corollary, this shows you and I to be
Purely inseparable. Q. E. D.

Bem-Vindo a mim.

Caros, fiéis, leitores deste blog.
Apesar de não perceber bem o porquê do não convite em tempo útil, estou bastante feliz de passar a ser agora contribuidor deste blog. Penso que tenho um contributo muito válido a dar para toda a geekness que para aqui vai. Servirá também a minha colaboração para ter onde descarregar esta compenente nerd que vive em mim e que muitos dos meus actuais amigos não partilham e não entendem como vocês. Vocês sabem que são e serão os meus geek friends de toda a vida. Afinal de contas, quem vai a MCP's junto, cria um pacto de sangue. Somos irmãos de banda larga!

Dito isto, venham os posts carregados de tech stuff, e pwned noobs, a que os simples mortais, simplesmente não ligam nenhuma.

Até já,

by neca.

2009-06-28

ASCII a stupid question...

... get a stupid ANSII.



Quando eu morrer, escusam de tentar apagar as minhas contas. E lembrem-se: eu sou biodegradável, não reciclavel (mas preferia ser cremado... ou cromado, também serve).

Pax vobiscum atque vale.

2009-06-26

Believe in yourself

Believe in yourself
To the depth of your being.
Nourish the talents
Your spirit is freeing.
Know in your heart
when the going gets slow
that your faith in yourself
will continue to grow.
Don't forfeit ambition
when others may doubt.
It's your life to live;
you must live it throughout.
Learn from your errors;
don't dwell in the past.
Never withdraw
from a world that is vast.
Believe in yourself;
find the best that is you.
Let your spirit prevail;
steer a course that is true.

by Don Stabler

Aquele que não será mencionado

Aquele que não será mencionado morreu ontem. O coração dele parou. E todos os outros órgãos dele também.

(Achei que devia juntar-me à histeria de mencionar o óbvio).

2009-06-25

2009-06-24

Cagar d'alto

Lembram-se da expressão "cagar d'alto" ?
Era isto o que queria dizer, não era?

Cancelamento da conta do WoW

Isto é o que acontece quando se cancela a conta do WoW a um viciado...
Tenham muito medo...

2009-06-18

Fé na Humanidade...

... cada vez tenho menos.

Em poucas palavras, isto.

Em muitas palavras, para quem não está para se maçar com links ou tem uma ligação que nao lhe permite (ou, pelo menos, desrecomenda) vídeos online, sobretudo quando são vídeos estremamente parvos e/ou revoltantes, apresento-vos o Confort Wipe. O COnfort wipe é um bocado de plástico curvo que serve para (e agora peço atenção e mesmo um pouco de suspense perante a revelação do propósito desta mais recente invenção da espécie animal que tem vindo a dominar este planeta nos últimos 3 milhões de anos - sim, 3 000 000, ou 3 x 10^6 ou mesmo 2.86102294921875 M anos. Eis o resultado milhares de milénios de evolução) limpar o cú depois de uma cagada. Esta vara que, segundo o comerciante, aumenta o alcance do utilizador em 18 polegadas, ou, segundo o google, 45.72 centímetros, e segura o papel higiénico sozinha, sem que o utilizador, cujo cú pode estar, confortavelmente, a quase meio metro da sua mão, toque no papel sujo, nem mesmo para o deitar fora, já que o Confort Wipe tem um botão que larga o papel, estrategicamente colocado na ponta oposta àquela onde se põe o papel.

Eu não imagino o estudo de mercado que precedeu a criação deste produto. Numa nota desrelacionada, quero chamar a atenção a um outro produto, completamente diferente, que consiste num marcador fluorescente, dos que servem para assinalar passagens nos livros (como se ainda estudássemos por livros...) com um bloco de papelinhos adesivos para marcar as páginas embutido. A ideia é que o utilizador pode marcar a pasagem no livro e marcar a página. Assim, quando quiser encontrar a pasagem, não tem que se lembrar em que página está. Este produto foi concebido depois de o inventor ter passado algum tempo num campus universitário a ver estudantes a marcar passagens de livros e depois apontar o número da página assinalada na primeira página do livro. Boa ideia. Agora imagino o inventor do Confort Wipe em casas de banho públicas, a observar cagões obesos a não conseguir chegar ao próprio cú para se limparem. Não sei se ache cómigo se repugnante. Só na América.

Olhando para a questão por outro lado, não consigo imaginar que usar um pau para limpar o cu depois de cagar seja muito confortável, sobretudo um pau de quase meio metro. Portanto, muito obrigado, América, mas acho que continuo a preferir usar só o papel higiénico e depois lavar as mãos.

Pax vobiscum atque vale.

2009-06-14

ReBlogging: GNU/Linux multi-touch technology demo'd

O GNU/Linux, à semelhança do Windows 7 e do iPhone, está a caminho de suportar Multitouch.


This video shows some action made using a multitouch capable tablet.
these action are handled natively by the new Linux kernel 2.6.30 meaning that you can now produce the same effects shown in proprietary systems.


Native Multitouch support on Linux



A música do vídeo é a Sitarial by DJad.

Inicialmente retirado de Linux multi-touch technology demo'd

Deathstar Canteen

Kick ass!

2009-06-13

Lonely guy starts dance party @ Sasquatch music festival 2009

O que um gajo nas drogas pode fazer a uma multidão...

(o man está a dançar sozinho e 1m30 depois está no meio de uma multidão)




P.S.: eu sei que já vi isto no blog ou página de alguém, mas já não sei quem...

2009-06-12

2012

Segundo o público:

"A humanidade pode respirar de alívio: nem Mercúrio, nem Marte, nem Vénus devem colidir com a Terra nos próximos 3,5 mil milhões de anos, segundo um estudo sobre a evolução do sistema solar publicado ontem pela revista científica britânica "Nature".

Com a ajuda de um computador, os astrónomos Jacques Laskar e Mickael Gastineau, do Observatório de Paris, simularam 2501 cenários possíveis de evolução das trajectórias destes planetas, concluindo de que há 99 por cento de hipóteses de que a Terra e seus três vizinhos mais próximos continuem a girar em redor do Sol sem colidir durante os próximos 3,5 mil milhões de anos."

E eu digo: "QUE ALÍVIO", já nem dormia com tal preocupação. Agora honestamente, Quem é esta gente? Pensa que MERCÚRIO vai colidir com a terra? Em que dimensão? E em que universo? Não sou um génio em astronomia, mas um corpo que está a 77000000KM da terra na melhor das hipóteses, sair da orbita de um gigante gravitacional (porque lhe apeteceu?) e vir bater exactamente na terra.... Acho que estou mais preocupado com a conservação do musgo bantumi nas florestas da birmânia.

E depois as pequenas ironias...Os "cientistas" usaram UM computador. Simularam 2501 cenários possiveis. Serious study is serious.

Airplane! "Oh stewardess, I speak jive"

Há dois filmes bastante antigos que eu gosto: Airplane! (de 1980, o 1º) e Air America (de 1990).

Os filmes são bastante bons e recomendo que sejam vistos. Entretanto, deixo aqui um vídeo para uma cena especial, porque só agora ao revê-la percebi completamente o seu sentido e, melhor do que isso, encontrei tradução :D

Para quem não sabe, "jive" é o equivalente a crioulo mas com mistura com o inglês.

Nota: não sei quem se dá ao trabalho de o fazer, mas alguns dos clips deste filme foram removidos por infracção de direitos de autor. Devem estar com medo que isso afecte as vendas das VHS........ Por isso se entretanto este for removido, é favor avisar.

Airplane! "Oh stewardess, I speak jive":



(retirado dos comentários do Youtube, não encontro de onde exactamente para dar o crédito)

Parte I
- Shiit,maan.That honky muf be messin mah old lady, got to be runnin cold upside down his head, you know?
- Hey home I can dig it. Know ain't gonna lay no mo' big rap up on you, man!
- I say hey, sky.subba say I wan'see.
- Uh-huh.
- pray to J I did the same ol' same ol'!
- Hey knock a self a pro Slick! That gray matter backlot perform us DOWN, I take TCB-in',man!
- Hey,you know what they say:see a broad to get dat booty yak'em.
- leg'er down a smack'em yak'em!
- COL' got to be! Y'know? Shiit.

Parte II

- Would you gentlemen care to order your dinners?
- Bet, babe. Slide a piece o' da' porter. Drinks, I run da' java.
- Lookie here. I can dig grease 'n chompin' on some buns and draggin' through the garden.

Parte III

- Can I get you something?
- 'S'mofo butter layin' me to da' BONE! Jackin' me up... tight me!
- I'm sorry, I don't understand.
- Cutty say 'e can't HANG!
- Oh stewardess! I speak jive.
- Oh, good.
- He said that he's in great pain and he wants to know if you can help him.
- All right. Would you tell him to just relax and I'll be back as soon as I can with some medicine?
- Jus' hang loose, blood. She gonna catch ya up on da' rebound on da' med side.
- What it is, big mama? My mama no raise no dummies. I dug her rap!
- Cut me some slack, Jack! Chump don' want no help, chump don't GET da' help!
- Say 'e can't hang, say seven up!
- Jive ass dude don't got no brains anyhow! Hmmph!

2009-06-10

Conferir vida ao blog

O blog anda com pouca movimentação.
Acho que se decidisse por realizar uma guerra inter-blogs isto animaria um pouco.

Como tal, visto que o '.' anda a publicar no Blog do Osvaldo e não no nosso, decidi fazer uma sondagem para averiguar se deveríamos declarar guerra ao Blog do Osvaldo.

Assim sendo, a sondagem foi colocada online. Têm 7 dias para responder.

Assinado,
Air-Marshall Pedro Francisco

Presidência Portuguesa no Second Life®

A Presidência da República Portuguesa abriu oficialmente a sua primeira presença no Second Life®; a honra coube ao Museu da Presidência, que tem agora o seu próprio espaço para conferências, formação à distância, exibições (permanentes e temporárias), mas igualmente para apoiar a cultura e arte — como por exemplo o concerto ao vivo do Rodrigo Leão, passado ontem à tarde em simultâneo na vida real, no Convento de Santa Clara, e no Second Life. A direcção do projecto e a sua concepção e produção esteve a cargo da CCV em parceria com o Museu da Presidência.


retirado de Presidência Portuguesa no Second Life® em Um blog idiota do Luís Miguel Sequeira

2009-06-07

Intel fail (em Windows XP)

Em defesa do Windows, devo dizer que o driver da Intel (antes de ouvir piadas, este é mesmo desenvolvido pela Intel) no GNU/Linux também anda a passar por uma fase atribulada.
E mais uma vez em defesa do Windows, em GNU/Linux quando há merda não consigo fazer mais nada a não ser usar as Magic Keys para reiniciar (CTRL+ALT+BACKSPACE não funciona).

Basicamente: imagem congela, mexer o rato faz o sistema mandar apitos (yay para descrições profissionais :D). 10 segundos depois ou assim, algo acorda, percebe que há um loop algures, e restora a imagem a 640x460x16, aparecendo depois um aviso a indicar que houve um problema com a gráfica e que é necessário reiniciar. Tirando os crappy graphics, tudo se encontra normal nesta fase (inclusive, estava a ouvir música e esta não parou)

Aqui fica o belo do screenshot.




Já agora, o Vista é capaz de repor os gráficos quando acontecem crashes destes, à custa do sistema gráfico ser um pouco mais lento que no XP (separam o sistema gráfica em duas partes, não sei pormenores).

P.S.: e sim, escrevi o post nessas condições :D

P.S. n.º2: O OCA (Online Crash Analysis) da MS está desactivado? Devia ter aparecido uma janela com informações quando submeti os dados para lá mas só apareceu um aviso a dizer que o site não tinha sido encontrado...

2009-06-06

Os grandes pensadores portugueses (sarcasmo)

Creio que a maior parte das pessoas que lê este blog conhece o Público suficientemente bem para saber que a zona de comentários daquilo é absolutamente extraordinária, estando a abarrotar com os grandes génios Portugueses do amanhã.

Como tal, e relativamente a esse tópico, gostaria de chamar a atenção para este artigo do Bitaites: uma óptima (sarcasmo) compilação de explicações para o desaparecimento do voo 477 ao largo do Brasil. Desconfio que o Marco (o autor do Bitaites) estava muito aborrecido nesse dia, para ter feito tal pesquisa.

Entretanto, quem quiser continuar a ler artigos do Público sem perder a sanidade, pode usar este scriptzinho para conseguir esconder todos os comentários de lá: O PÚBLICO sem comentários [userstyles.org]

2009-06-04

Kill another yellow man


Faz hoje vinte anos desde o massacre de Tiananmen.

Ah e tal somos open-source supporters quando calha (Fastest Firefox video upload não aceita .ogv)

A Mozilla lançou um concurso para promover maior rapidez do Firefox 3.5.

A ideia é os utilizadores de Firefox fazerem um upload de um vídeo em que estão a fazer qualquer coisa de forma rápida, para depois fazer um mashup desses vídeos para promover a rapidez do Firefox.

No entanto os formatos de vídeo suportados para o upload são .mov, .wmv, .mp4. Creio que uma companhia associação com o status-quo no mundo open-source que a Mozilla tem bem podia fazer o esforço de suportar .ogv, que é o formato open-source por excelência de suporte a vídeo, ou, no mínimo dos mínimos, mencionar porque não o faz.

2009-06-03

Trocar Liberdade por Controlo?

Trocar Liberdade por Controlo?

Publicado por Marcos Marado em Programas Livres

Avizinham-se as eleições para o Parlamento Europeu, e com elas o meu rotineiro “health check” ao sistema Político Europeu.

Começo por realçar a sua importância, lembrando-vos apenas dos números: cerca de 60% das Leis aprovadas em Portugal tiveram origem em directivas Europeias, formuladas no Parlamento Europeu. Relembro ainda que, ao aplicar-se o Tratado de Lisboa, o poder do Parlamento Europeu irá aumentar.

Em cima da mesa, entre uma enorme panóplia de temas discutidos e posições defendidas, há um que ofusca todos os outros em importância, mas que, por motivos de interesse, é raramente discutido: a resposta à pergunta “trocaria a liberdade dos seus cidadãos pela possibilidade de ter um combate ao terrorismo mais eficaz?”. A pergunta ofusca todas as outras porque - analizando friamente o seu impacto - chegaremos rapidamente à conclusão que tudo o resto que possa vir da Europa, bom ou mau, só poderá ser usufruído se tivermos liberdade para tal. E assim, para mim, rapidamente o cenário das próximas eleições se modificou. A questão passou a ser só uma, as respostas possíveis apenas duas. Se pudessemos assumir, como seria bom, que a maioria nunca cederia a liberdade dos seus cidadãos a troco de mais controlo, então ponderar em todas as outras questões seria o passo seguinte. Infelizmente o cenário é pior, muito pior.

De todos os candidatos Portugueses à próxima corrida eleitoral, apenas dois (2!) respondem: “nunca trocaria a liberdade dos cidadãos por controlo”. São eles, a saber, BE e CDU. Segundo uma sondagem recente, apresentada no jornal Expresso do dia 23 de Maio, o BE e a CDU, juntos, correspondema apenas 4 Euro Deputados, num total de 22. Sim, leram bem: 81% dos Portugueses tencionam votar num
candidato que não se opõe à restrição da liberdade dos cidadãos a troco de mais controlo.

Continuamos a ser bombardeados com ataques pessoais entre os candidatos, partidos que descaradamente usam estas eleições não para o fim a que se destinam mas sim como preparação para umas outras eleições, referências ao chamado “voto útil”… e o enorme risco em que a nossa Liberdade está? Dessa não fala ninguém, essa ninguém vê.

Desinformados, os Portugueses irão às urnas assinar o contrato que os fará ceder os seus direitos e liberdades. Para mim BE ou CDU são um só partido, e as Europeias têm um só propósito: ter o maior número possível de defensores da Liberdade entre os 22 Portugueses que decidirão o nosso futuro na Europa.

2009-06-02

Partido Pirata Português

Lançadas as primeiras pedras para o Partido Pirata Português


Devido ao cada vez maior número de ameaças à privacidade online, e à vontade de alertas os cidadãos para a actual lei de direitos de autor, nasceu um movimento que lançou as bases para a criação oficial do Partido Pirata Português

Por enquanto ainda um movimento, o Partido Pirata Português (PPP) foi criado alunos de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências de Universidade de Lisboa. À imagem do Piratpartiet, o famoso partido sueco seu homólogo, o PPP pretende alertar os cidadãos para os problemas do actual regime dos direitos de autor e promover uma mudança neste campo, chamar a atenção para a protecção da privacidade online e incentivar a abolição gradual do sistema de patentes.

Com algumas semanas de vida apenas, este movimento já tem um manifesto disponível. O seu conteúdo, refere o Jornalismo Porto Net, é o resultado do resumo e adaptação de “documentos provenientes dos diversos partidos piratas internacionais”.

Ao contrário do que apregoam movimentos como o MAPiNET, o PPP pretende que as leis dos direitos de autor se tornem mais justas para criadores e consumidores. Não está em causa a legalização da partilha não autorizada de ficheiros, mas uma maior justiça e clarificação para este regime.

O assento parlamentar ainda está longe. Para os criadores deste movimento, tal só deverá acontecer no longo prazo. Por enquanto, a prioridade é alertar os cidadãos para estas problemáticas e promover uma mudança para melhor.

Informações completas sobre este movimento estão disponíveis no seu site [EDIT: wiki antiga e não actualizada] e blog oficiais.

por Bruno Miguel em Programas Livres



Vou citar apenas partes da wiki dele [que infelizmente para já tem algumas frases mesmo abrasileiradas, espero que actualizem aquilo, já que o blog tem muito conteúdo original]. EDIT: de acordo com um comentador, a wiki é antiga e não tem sido actualizada.

O que é o Partido Pirata Português?


O Partido Pirata surgiu como um colectivo que visa mudanças nas leis de direitos de autor e no sistema de patentes. O objectivo foi o de tornar sagrado o direito de qualquer pessoa compartilhar cultura com seus semelhantes. Entendemos que compartilhar é um ato nobre por si mesmo - ele faz do cidadão uma pessoa digna, confiável e responsável. Vemos isso como um dos fundamentos de nossas liberdades individuais. Vemos também que as leis que regem a “propriedade intelectual” - termo contraditório em si mesmo - perderam sua função original, ao invés de permitir a partilha da nossa cultura com os nossos semelhante, servem para defender interesses económicos de intermediários da cultura e do conhecimento. Assim criou-se um sistema abusivo à natureza das coisas que permite monopolizar as ideias e criações humanas, sendo assim profundamente danoso à sociedade como um todo.Com os meios digitais, a única forma de impedir que violações aos direitos de “propriedade intelectual” é controlando as comunicações entre os cidadãos. A privacidade e a liberdade de expressão dos cidadãos são direitos humanos, assim como também são o direito à educação e a comunicação. Estes devem prevalecer contra qualquer direito de fundo económico, sobretudo privado.
A nossa posição é firme e clara: compartilhar cultura não é crime. Nenhum cidadão pode ser considerado criminoso só porque teve acesso a um bem cultural através de partilha.

Quem faz parte do Partido Pirata?


Pode-se dizer que se você é generoso e compartilha alguma coisa, você compartilha dos ideais do Partido Pirata. Esse é o principal fator que nos une. Para garantir nosso direito de compartilhar e ser livres, pretendemos mudar as leis e, em última instância, a própria sociedade.

Mas quais seriam as novas leis de direitos de autor?


Nós vemos o Autor não como “dono” e sim como “criador”, e porque não, “co-criador” de “sua” obra. A lei deve se adequar as novas de produção e difusão do conhecimento. Os usos não-comerciais deveriam ser definitivamente liberados. Isso resolveria também o problema das obras esgotadas, órfãs ou de acervos não digitais que correm o risco de desaparecer pela acção do tempo.


O que o software livre tem a ver com o Partido Pirata?


Defendemos o acesso à informação, a inovação, a transmissão do conhecimento, o fim dos monopólios e a independência tecnológica.


Texto completo aqui [EDIT: wiki antiga e não actualizada].

2009-06-01

teh cronikles o'Prof. Dra. Pescadinha

Estava eu a tentar* estudar esta noite... quando num dos acetatos de SistemasMultimedia da Prof. Dra. Pescadinha aparece:

Exercícios

• Qual é o bitrate de um áudio armazenado em 
CD (16 bits/amostra, frequência de 
amostragem 44100Hz e stereo)? Quantas horas 
de música pode guardar um áudio?
• Se codificar o som áudio com um codificador MP3 a 
192Kb/s qual é a taxa de compressão?
• Se pretender gravar áudios num CD em 
formato MP3 quanto tempo de som pode 
guardar?


FTW!!!