2014-03-23

EFI, assinaturas e Ubuntu

Como sabem os novos PC validam (apesar de desativável) os bootloaders que aceitam arrancar.

A título de curiosidade, aqui vai uma lista dos que são aceites pelo meu ASUS N550-JV:

Nota: usei o strings para obter as strings de identificação, não obtém os dados binários.

# strings PK
ASUSTeK Notebook PK Certificate

(hum, será que isto são as chaves da BIOS? Não sei sinceramente.)


# strings KEK
ASUSTeK Notebook KEK Certificate
Microsoft Corporation Third Party Marketplace Root
Microsoft Corporation
Microsoft Corporation KEK CA
http://crl.microsoft.com/pki/crl/products/MicCorThiParMarRoo_2010-10-05.crl
http://www.microsoft.com/pki/certs/MicCorThiParMarRoo_2010-10-05.crt
Isle of Man
Douglas
Canonical Ltd.
Canonical Ltd. Master Certificate Authority
http://www.canonical.com/secure-boot-master-ca.crl

(portanto, aparentemente a minha BIOS suporta fazer boot ao Ubuntu sem desativar o Secure Boot)


# strings dbx
DO NOT TRUST - Lost Certificate


(é o ficheiro de revocação de assinatura de bootloaders)



E finalmente, as strings dos bootloaders propriamente ditas:


# strings db
ASUSTeK Notebook SW Key Certificate
ASUSTeK MotherBoard SW Key Certificate
Washington1
Redmond1
Microsoft Corporation
Microsoft Corporation Third Party Marketplace Root
Microsoft Corporation UEFI CA 20110
http://crl.microsoft.com/pki/crl/products/MicCorThiParMarRoo_2010-10-05.crl
http://www.microsoft.com/pki/certs/MicCorThiParMarRoo_2010-10-05.crt
Microsoft Root Certificate Authority 20100
Microsoft Windows Production PCA 20110
Ehttp://crl.microsoft.com/pki/crl/products/MicRooCerAut_2010-06-23.crl
http://www.microsoft.com/pki/certs/MicRooCerAut_2010-06-23.crt0
Isle of Man
Douglas
Canonical Ltd.
Canonical Ltd. Master Certificate Authority
http://www.canonical.com/secure-boot-master-ca.crl0


É portanto correto assumir que o Ubuntu está em condições de vir pré-instalado nos portáteis, a questão é quando e se vai conseguir alguma quota de mercado.

Mas sinceramente, foi uma surpresa para mim ver o Ubuntu aqui.


2014-03-20

CNN e buracos negros

Um novo baixo para a civilização ocidental, buraco negro sugou o voo 370: