2010-02-24

copypasta tiem nao!!!

Portanto:

#include

void init (int grid[9])
{
int i;

for(i=0; i<9; i++)
grid[i]=0;

}

int check(int grid [9])
{
int i;

for(i=0; i<9; i++)
{
if(grid[i]);
else return 0;
}

return 1;
}

int main (void)
{
int grid[9];
int i,j;

init (grid);

char c='\0';

while((c!='q') && (c!='Q'))
{
printf("\n");

for (i=0; i<9; i++)
{
if(!(i%3))
{
printf("\n");
}
printf(" %i", grid[i]);
}

printf("\n");

scanf("%c%c", &c);

switch (c) {
case '7' :{
grid[0]=(grid[0]+1)%2;
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
break;
}
case '8' :{
grid[0]=(grid[0]+1)%2;
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[2]=(grid[2]+1)%2;
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
break;
}
case '9' :{
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[2]=(grid[2]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
break;
}
case '4' :{
grid[0]=(grid[0]+1)%2;
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[6]=(grid[6]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
break;
}
case '5' :{
grid[0]=(grid[0]+1)%2;
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[2]=(grid[2]+1)%2;
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
grid[6]=(grid[6]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
grid[8]=(grid[8]+1)%2;
break;
}
case '6' :{
grid[1]=(grid[1]+1)%2;
grid[2]=(grid[2]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
grid[8]=(grid[8]+1)%2;
break;
}
case '1' :{
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[6]=(grid[6]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
break;
}
case '2' :{
grid[3]=(grid[3]+1)%2;
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
grid[6]=(grid[6]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
grid[8]=(grid[8]+1)%2;
break;
}
case '3' :{
grid[4]=(grid[4]+1)%2;
grid[5]=(grid[5]+1)%2;
grid[7]=(grid[7]+1)%2;
grid[8]=(grid[8]+1)%2;
break;
}
case '0' :{
init(grid);
break;
}
default :; };

if (check(grid))
{
scanf("%c");
break;
}

}

return 0;
}

1. Copypsata do código acima
2. Compile & run
3. ??????
4. Profit!

Quem não entende logo o que é que este programa faz deve estar cá perdido ou ainda cá não está há tempo que chegue.

Regras: As posições da matriz representam as teclas do NumPad na posição em que as vêem. Quando se carrega numa tecla, ela liga ou desliga, conforme esteja desligada ou ligada, respectivamente, não só a si como a todas as suas vizinhas, excepto o 5, que inverte o estado das suas vizinhas, mas não o seu. O 0 (zero) faz reset e o q

Objectivo: Ligar simultaneamente todas as posições da grelha ou demonstrar que tal é impossível. Cinco internets de borla para quem apresentar a sequência de teclas que resolva o problema.

Disclamer: A corporação disco-bar, os seus afiliadose seus empregados não se responsabilizam por quaisquer danos causados pela descoberta de sequência chave, incluindo, mas não se limitando a perda de vida social, ascenção ao um plano mais elevado de existência, ganho de super-poderes, asplosão cefálica e/ou FAIL.

Pax boviscum atque vale.

P.S.: O blogger faz-me o favor de resolver todos os meus problemas de tabulação da pior maneira...

Amplus Imperitus Convincium!!1

Amplus Imperitus Convincium!!1, nenhuma imagem o descreve melhor.

Spam

Por vezes, a titulo de diversão e pra me certficar que realmente é spam, vejo a minha caixa de spam do gmail.... e lá calha encontrar verdadeiras perolas de creatividade...

Aparentemente o gajo morreu (transcrição do email):

yeah finally :) thanks a lot mate! I`m starting today, you have no idea how much you helped me bro!!!
I have a serious debts and need to quickly make some cash :)

cheers..


----- Original Message -----
From: "hanse700"
To: "william"
Sent: Friday, February 19, 2010 2:49 PM
Subject: Re: Re: hi bud


yo mate, ok I`ll give you my trick but if you give it someone else I`ll fuckin kill you :)
you know in roulette you can bet on blacks or reds. If you bet $1 on black and it goes black you win $1 but if it goes red you loose your $1.
but I found a way you can win everytime:

bet $1 on black if it goes black you win $1

now again bet $1 on black, if it goes red bet $3 on black, if it goes red again bet $8 on black, if red again bet $20 on black, red again bet $52 on black (always multiple you previous lost bet around 2.5), if now is black you win $52 so you have $104 and you bet:

$1 + $3 + $8 + $20 + $52 = $84 So you just won $20 :)

now when you won you start with $1 on blacks again etc etc. its always bound to go black eventually (it`s 50/50) so that way you eventually always win. But there`s a catch. If you start winning too much (like $1000 a day) casino will finally notice something and can ban
you. I was banned once on royal casino. So don`t be too greedy and don`t win more then $200 a day and you can do it for years. I think bigger casinos know that trick so I play for real money on smaller ones, right now I play on elite vip casino: www.elite6bets.net for more
then 3 months, I win $50-$200 a day and my account still works. You`ll find roulette there when you log in go to "specialty" section - "american roulette". And don`t you dare talling about it anyone else, if too many people knows about it casinos will finally found a way to block that trick. If you have any questions just drop me a line here or on skype.

c ya


----- Original Message -----
From: "william"
To: "hanse700"
Sent: Wednesday, February 17, 2010 10:24 AM
Subject: yo mate


please tell me when you will send me your roulette trick?
You promised you`ll send it few weeks ago :(

cheers

Não me responsabilizo pelas acções que alguém seja levado a fazer depois de ler o acima escrito...

E temos claro o hilariante:








ENTRY PROCESSINGINCLUSIVE NOTICE OFFORM NO: 20100122-PDQEE-v05















AWARD SERIES IV
ELIGIBILITY CONFIRMED

REGISTERED DOCUMENT FOR PREPARED DOCUMENT

CONFIRMED RECORD IS ESTABLISHED FOR: ELIGIBILITY CONFIRMED
2 zé manel
rua do bafo
beja, merda 2300

ELIGIBILITY CONFIRMED BY DATABASE SERVICES
USER ID NUMBER: 62722837

AWARD SERIES I-IV

Attention: zé manel. Your careful attention is required. Over 50,352 prizes are expected to be awarded in the next 30 days. The amounts of the prizes guaranteed to be issued to winners whose entries match the drawn numbers include prizes of : $10,000,000.00, $1,000,000.00, $100,000.00, a luxury car, and $10,000.00. To confirm prizes available to be won by you, please refer to the prize availability box below. Checks are guaranteed to be issued to winners, and over

EIGHTY-SEVEN MILLION DOLLARS
$87,000,000.00

has already been awarded by the sponsor in AWARD SERIES I-IV.
This is a notification of prizes that you are qualified to win.


We are pleased to bring you this official declaration which confirms that as a member in good standing, zé manel has met the requisite qualifications to enter and is eligible to win all available prizes. This means that if you submit the winning entry in accordance with the official rules of FreeLotto, you will win that prize award.

zé manel, you probably think you can never be a big cash winner. Not surprisingly, all 20 FreeLotto millionaires thought the same thing. The fact is ALL cash prizes won in Award Series IV are 100% guaranteed to be paid to confirmed winners whose entries match the drawn numbers.

zé, take a moment to consider the huge cash prizes available to be won by you.




Gostava de saber onde foram buscar o nome e morada.... *facepalm*

Peço desculpa por algum erro de formatação ... fiz os possiveis pra nao existirem erros, mas dada a complexidade do codigo html copiado podem ainda existir alguns :3

E, não, não encontrei nada melhor pra postar...

Frase do dia

(de hoje, tecnicamente)

"Quando a gata se começa a parecer com a Gemma Atkinson, é melhor ir para a cama."

E agora, para que não haja dúvidas:

Gata:



Gemma Atkinson:



Gata:



Gemma Atkinson:



Gata:



Gemma Atkinson:



Scarlett Johanson:



Ora bem, neste post: fotografias de gatos, fotografias de loiras de peito roliço... WIN?

Win ou FAIL, o Sintra queria posts. Estou só a contribuir. E, já agora, lolcatizem a gata, sff.

Pax vobiscum atque vale.

2010-02-19

IPAD RIDER























Aqui está uma foto do Steve Jobs a montar um/andar de IPAD...

Vai depressa porque nao está a ser atrapalhado pelo Flash ! XD


Trolling part:

FIRST!!
IPAD IS FAKE!!!!!
FAKE AND GAY!!11!
HOMOSEXUAL AND MISLEADING!!1

ADD MORE TROLLING BELOW!!!

checking for favourite drink... True Blood

2010-02-14

"If God is dead, is anything permissible?" by ESR

The closest analog of “morality”, in his culture, is a set of inherited customs and taboos which is reinforced by explanatory myths but not generated by them and not really dependent on them. The closest equivalent of religious structures about right and wrong is an elaborate set of rules about ritual purity and impurity. In the jargon of the field, his religion is an orthopraxy rather than an orthodoxy.

Over most human cultures in most human history, “religion” has been much more like Altaic shamanism than like Christianity, Judaism, or Islam. Er, so why didn’t these cultures “collapse in a heap of nihilism”? The same question actually applies to modern religions outside the post-Zoroastrian family. Buddhism and Hinduism, for example, are almost completely unconcerned with “morality”. Hinduism is organized around ritual purity and impurity; Buddhism’s quest for merit is about liberation of the self from attachments, not about duties one owes to God or others.

If God is dead, is anything permissible? by ESR

2010-02-11

Parvoíces Suíças e design automóvel... coisa

Antes de mais: não sou entendido ou sequer fã de automóveis (excepção feita a Aston Martins e certos Jaguars) ou de motociclos (excepção feita a rigorosamente nada de que me lembre assim de repente). Posto isto...

Há bem mais de 10 anos, talvez nas voltas de '96 ou '97, quando o ano podia ser escrito com dois algarismos, se bem que não sem que alguém gritasse de pânico perante a ameaça do bug do milénio, ou, como os maníacos das abreviaturas (muitos dos quais, hoje, são engenheiros, alguns dos quais, à semelhança do que já eram), o ipslon-dois-capa, tive um sonho estranho. Como ouvir falar dos sonhos das outras pessoas é marginalmente menos maçador que ler acerca dos sonhos das outras pessoas e porque já não me lembro de peva de um sonho que tive há mais de uma década (tenham dó, eu sou só aí cinco sextos maluco), só queria aqui mencionar, faxavor, um elemento de que me não esqueci: um veículo como nada que eu tivesse visto até então.

Podia descrevê-lo como uma mota, mas de quatro dodas, ou, por outras, um carro extremamente estreito com uma configuração de rodas invulgar: uma à frente, uma atrás e uma de cada lado, mais ou menos a meio do comprimento do veículo. Tratava-se de um veículo com carroçaria fechada e assentos (se calhar era só um. Sonhei-me na perspectiva do condutor e não me lembrei de olhar para trás. À frente só havia um) com encosto, à semelhança de um carro, mas com as dimensões de uma mota (mais ou menos) e um sistema de controlo de direcção semelhante ao de absolutamente nada (que eu conheça): espaços nos painés laterais dos interiores permitiam tocar em superfícies que, aquando da aplicação de pressão dirigiam o veículo para o lado correspondente. Claro que isto levanta, imediatamente, algumas questões pertinentes: Como é para abrir as portas, já que, ainda que só haja uma, está ligada ao sistema de direcção; como é que o sistema há de saber quanto virar, já que estou a dizer só para que lado há de virar; então e se o condutor decidir tentar virar para os dois lados ao mesmo tempo (não tentem isto num veículo convencional. Eu não conduzo, mas estou convencido de que é extremamente difícil), entre outras, mas, se não têm nada melhor para fazer que questionar os sonhos de um puto de 12 anos, arranjem uma vida ou uma tese de mestrado (ou ambas, mas, mais uma vez, pode não ser fácil). A carroçaria era mais ou menos em forma de cápsula de gelatina, como as que se tomam por receita médica (ou sem ela, dependendo do que contêm), mas curva, mais baixa nas extremidades que no meio. Quando, anos mais tarde, soube que num filme que eu, à data, desconhecia por completo, chamado Tron, para os que ainda não se aperceberam, havia veículos semelhantes, fartei-me de rir. Por dentro.

Entrem os Suíços. Um de cada vez e não podem ser todos, senão não cabem no blog. Portanto, hoje, só os da companhia Peraves AG. Estes senhores desde 1985 (perdão, de '85) que andam a fazer umas coisas estranhas chamadas ECO MOBILE.



IMO, feio como o caraças. No ângulo particular desta fotografia, pode parecer que os dois assentos são lado a lado, mas, na verdade, são um atrás do outro. E este modelo não tem uma "barbatana" vertical na traseira, que deve ser um excelente catavento.

O modelo base, com coisa de 3.7 metros de comprimento, 1.5 metros de altura e outro tanto de largura (mais alguém está a pensar na palavra "supositório"?) pesava 440 Kg, tinha um depósito de combustível de 47 litros, 90 cavalos, 6.2 segundos dos 0 aos 100 Km/h e chegava aos 240 Km/h.

Como ainda se devem estar a rir da ideia de uma mota com rodinhas, convém aqui explicar (faxavor) que as ditas se retraem para cima e para dentro quase totalmente quando o veículo está em andamento, e servem, em primeiro lugar, como substituto da peça favorita de qualquer mota dos alentejanos, o descanço (as minhas desculpas aos alentejanos que sabem reconhecer uma piada e os meus gestos feios aos que não sabem) e também para evitar que o veículo caia de lado numa curva quando o condutor quiser inclinar-se demasiado.

Mais recentemente, os mesmos senhores (e senhoras, presumivelmente) tiveram outra ideia: o MONO TRACER



Como podem ver, este é mais bonito, mas ainda não é nenhum Aston Martin DB9 ou sequer algum Jaguar XJK e muito menos um Jaguar E-type de '72. As rodinhas permanecem e permitem ao estranho híbrido de uma mota com o que parece ter sido, nos seus dias áureos, talvez um Lexus (digo eu...) inclinar-se até aos 52º nas curvas.

Agora cinco centímetros mais curto, coisa de vinte e cinco centímetros mais estreito e com mais ou menos a mesma altura, este modelo debita 130 cavalos, vai dos 0 aos 100 Km/h em 5.7 segundos e afirma ultrapassar os 250 Km/h.

A marca anuncia este produto como um veículo de luxo, o meio termo entre uma "superbike" e um carro desportivo de luxo. Não conseguem dizer duas frases acerca do MONO TRACER sem mencionarem o Porsche 911 (por favor não perguntem porquê) e parecem convencidos (ou, pelo menos, determinados a convencer-nos) de que isto é a mota ideal para o que eles descrevem quase ilidicamente, sem, no entanto, conseguir escapar à dura realidade de que é um homem em plena crise de meia idade.

Olhemos mais de perto: No interior, temos botões para controlar a caixa de velocidades no punho esquerdo do guiador de mota com o qual se guia esta máquina bizarra, um acelerador convencional de mota no direito e pedais para a embraiagem e para o travão. Meus caros, desenhastes um veículo com um assento com encosto ergonómico e cintos de segurança de três pontos; parai, por favor a vós mesmos, de vos tentar convencer de que a experiência de condução pode ser como a de uma mota. Convenhamos que já é tarde para isso. Dêem cá um volante e mesmo uma caixa de velocidades sequencial com as pazinhas que o Jeremy Clarkson detesta; ele não ia gostar disto e não, portanto não têm nada a perder.

A seguir: A porta abre para cima. A melhor descrição que vos posso dar é remeter-vos para os veículos da polícia de San Angeles do filme Demolition Man, de 1993, com Sylvester Stallone, Sandra Bullock e Wesley Snipes nos principais papés, com a devida distinção de que, neste caso, a capota faz parte da porta, não da porção fixa da carroçaria. Convém notar que a porta abre para a esquerda, e agora é que tenho mesmo que para e perguntar: porquê, deuses? Se queríeis portas com pinta e que abrissem sem ocupar grande espaço lateralmente, melhor não tínheis que olhar para os vossos vizinhos italianos, especificamente aqueles que, depois de se zangarem com a transmissão de um Ferrari, começaram a fazer carros desportivos com nomes de touros em vez de tractores (se restam dúvidas, Lamborghinis) ou os nossos amigos escandinavos, que, segundo consta, melhoraram essa ideia ligeira, mas significativamente no Koenigsegg (pronuncia-se "Có-nig-zeg") CCX. E sobretudo por que raio é que a porta abre para a esquerda? No Suíça, como na maior parte do mundo, o passeio fica à direita do condutor. Não tendo um lugar do passageiro entre um condutor que se quer tornar peão e o passeio (ou, por outro lado, um peão com vontade de conduzir e um assento adequado), por que raio não há de a porta abrir para a direita? Não se preocupem que os ingleses não fazem a menor tenção de conduzir esta geringonça bizarra (eles têm o Peel P-50, que faz as vezes. Google it) e os japoneses têm coisas muito mais bizarras com que se entreter (olá se têm!).

E agora, o preço: €52500.00 + IVA (+ Imposto de Valor Acrescentado Automóvel, para os portugas com a terrível ideia de tentarem comprar um madraço destes). É agora que vos ouço a dizer "Estás a gozar comigo!?", porque as paredes do meu apartamento são tão finas que ouço todas as discuções da minha lindíssima vizinha com o namorado. Faço notar que, por apenas um terço do preço de um Aston Martin DB9 novo estão a adquirir não só um objecto de aspecto insólito que consome menos de 5 L/100 Km a 90 Km/h (ok, reconheço que esta está bem conseguida, por parte do motor não híbrido de quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 1171 cc da BMW. Na verdade, é menos que um Prius), mas também a garantia de que não serão feitos mais que 100 por ano. Aqui é que, acho eu, estes homens (e mulheres, presumivelmente) perderam a cabeça. Senhores, isto tem o potencial para ser um carro de cidade impecável. Com a mala de 200 litros, o consumo reduzido, as dimensões minúsculas e a brecagem fantástica de que vos gabais, isto é excelente para ir ao centro comercial com o filho que só se vê aos fins de semana ou a namorada que vamos deixar antes do fim do mês, estacionar no buraco ínfimo que nos calha no parque de estacionamento sem riscar a pintura do nosso carro e dos de cinco outros à nossa volta, fazer compras para a semana e não gastar em gasolina os tostões que assim se poupam para a assinatura do rapidshare; mas não, tinheis que ter a ambição de fazer um veículo de luxo, com retoques de hibridez vindos das tripas de Satanás que custam os olhos da cara por estar recheado de idiotices de luxo como som surround para o rádio e GPS e alegados materiais da época aeronautica e espacial e a garantia de que não ides fazer mais que o que conseguiríes vender se todas as outras marcas subitamente decidissem deixar de construir automóvies e destruíssem todos os automóveis que algum dia tinham feito.

A cereja no topo do bolo: Leitor de CDs opcional. Ó minhas grandes bestas (os senhores, e, presumivelmente, senhoras da Peraves AG, naturalmente), mas ainda não percebestes que o que nos interessa realmente num auto-rádio é um interface para o nosso iPod/iPhone e, para os que preferem evitar pagar pelo desenho elegante dos produtos da Apple (afinal, para pagarem pela vossa carripana feia como os trovões...) uma porta USB para uma pen drive ou, quiçá, um SSD cheio de MP3s, WMAs e, eventualmente, M4As que não abane e se deixe interromper na reprodução por qualque solavanco na estrada ou qualquer grãozinho de poeira que estrague a leitura do disco!? Mas querem ver que só agora é que os anos 90 chegaram à Suiça? O carro do meu pai, que se não tem 10 anos está a fazê-los, traz um leitor de 6 CDs na mala de série, e vocês querem fazer crer que um leitor de CDs é digno de um extra!?

Muito obrigado, meus amigos helvéticos, por corromperem o meu sonho. Desejo-vos sinceramente que algo ligeiramente desagradável como que uma cebola vos caia na cabeça e também que vos sodomizeis a vós mesmos e uns aos outros com bastões retracteis. A marca ASP produz excelentes bastões de auto defesa, se bem que duvido que tenham sido concebidos para esse fim, mas que devem servir.

TL;DR: Não leiam isto, foi postado por um bot.

Pax vobiscum atque vale.

2010-02-07

DISQUS - velho sistema de comentários

Estou a testar um novo sistema de comentários.

Quem estiver a subscrever o RSS dos comentários ou a usar a janela ali ao lado para ver os comentários novos verá que pelo menos de momento não estão a funcionar.


UPDATE: please disregard.

2010-02-03

Problema com bots a comentar no blog

Meus caros:
Andam bots a ver se me chateiam o juízo. Se isto não desaparecer, desactivo os comentários anónimos. Tenho pena de impedir o pessoal que não tem registo de comentar mas tenho mais que fazer que andar a moderar comentários.

Zeca:

Ilustração do mecanismo de extreminação de bots :D
(Peço desculpa ao goucha por o usar como modelo para a imagem)

Papercraft

Hmmm ... a fim de eliminar a ultima entrada com algo menos.... como dize-lo .... anti-healthy-work-enviroment ... hmmm ... toca a por algo mais .... aceitável ...

Para aqueles que gostam de artes manuais, fazer maquetes de papel...

apresento-lhes...

os ...

fantasticos...

(tou só a fazer espaço pra afastar o dito post pra baixo)

maravilhasticos...

fabulasticos...

espectaculásticos (nem soa bem)

...

POKEMONS!


Têm muitos por onde escolher

=^w^=

e dado que o ultimo post tratava de uma menção ao aniversário de 'alguém':
Pokemon themed paper cakes!
Portal cake!

e para os fans do battlestar:
O viper mkII

e para os fans do avatar:
AT99 Scorpion Gunship

2010-02-02

Geek Panties


Quando é que o Goucha faz anos? Podiamo-nos juntar ppl, para lhe oferecer uma prenda à altura! ;)

(Click the photo for details)

Estes seres humanos...

Hoje no bits&pieces encontrei la um post giro; aparentemente umas chitas decidiram poupar a vida a uma impala.

Eu pensei, epa isto eh a natureza, nao a disney e decidi encontrar a origem desse post. Podem ve-lo no link debaixo:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-1246886/Pictured-Three-cheetahs-spare-tiny-antelopes-life--play-instead.html

As pessoas adoram este tipo de fotos, ficam todas "ooohhhh que fofinhos" blablabla

"'They knocked it down, but then they lost interest,' said Michel. 'For more than 15 minutes, they remained with the young antelope without doing anything other than licking it or putting their paws on the impala's head.'

Even more extraordinarily, this story has a happy ending - after one tense moment when it looked as though one cheetah would bite the impala on the neck, the youngster ran away.

Let's hope it didn't tell all its friends how nice those big, scarylooking cheetahs really are when you get to know them."

AIN'T THAT CUTE??

BUT IT'S WRONG

ziiiiiiiiing:
















Lamentamos informar, mas na natureza nao ha ca "piedade", comida eh comida.

Imagem foi retirada do resto do foto shoot que se encontra aqui.

EDIT: nunca ponham uma imagem justificada ah esquerda. Blogger sux

2010-02-01

A cultura paga-se... ou será que não?

Ir a livrarias (e à velhinha Valentim de Carvalho) são talvez as recordações mais queridas da minha infância. Passava horas só a ouvir excertos da última banda (francamente má) que na altura idolatrava; lia resumos de todos os livros que parecia minimamente interessantes e, no fim, gastava praticamente todas as minhas poupanças mas ia para casa contente da vida.

Hoje em dia, o panorama é bem diferente. Venho por este meio comunicar que estou indignado com o status quo da cultura em Portugal. Temos uma taxa de inflação cada vez maior mas os salários não sobem; como consequência, o nosso poder de compra fica reduzido e, claro, gastamos menos do que gostariamos.

Isto é chato, ok, mas nada do outro mundo.
Há coisa de dois ou três anos que tenho vindo a encomendar tralha da loja da Amazon inglesa, onde os preços são bem mais baratos. Isto não me incomoda, no entanto: acho perfeitamente razoável que um livro traduzido acabe por ser mais caro que o original (e traduzir obras é essencial se queremos preservar a nossa língua) mas há coisas que não lembram a ninguém!

Ontem descobri numa livraria no Porto o Lonely Planet Guide to The Middle of Nowhere, na sua versão original. Quis comprar; vi que o preço original impresso era $35 ou £25 o que segundo o câmbio daria algo entre 25 a 30 euros, consoante o roubo do câmbio. Estimei que a loja acabaria por cobrar 5 ou 10 euros a mais para fazer lucro e, ainda assim, queria levar aquilo comigo.

Queriam 55 euros por aquilo. Cinquenta e cinco euros por algo que deveria custar trinta.... acabei por sair de lá irritado e sem levar nada.

Há minutos atrás acabei de colocar uma ordem na Amazon; por 30 euros comprei o livro (17€), um CD (Immortal - Battles in the North) e ainda sobraram trocos para os portes!

Depois venham cá dizer que a cultura em Portugal não rende!
Pratiquem preços justos por uma vez na vida.