2011-07-19

Disco Review: Game of Thrones



Vamos brevemente ter 3 blogistas que acabaram a primeira season do Game of Thrones. Gostavam de fazer um review sem spoilers da season 1? Caso sim, deixo o espaço reservado:

Peres review:
Sou provavelmente o mais biased porque li os livros. Game of thrones liberta-se de todos os cliches das séries medievais/fantasia. Aqui não temos um salvador/chosen one/the one ring, não há princesa para ser salva, não há cãozinho invulnerável que segue o herói que nunca morre, nem "bons e maus". Podem tentar discutir e dizer que os Lannister são maus, ou o "the hound" é vilão depois de verem a season 1, mas fica tudo muito cizento conforme a história desenvolve.

Temos depois um cast de luxo, que vais ser ainda mais expandido na season 2. Já está confirmada a participação de Nataly dormer (o equivalente da Cersei na casa de Jardim de Cima - os apoiantes do Renly); Gwendoline Christie (uma mulher cavaleiro) e ainda espaço em aberto para o importante papel de Stannis, o irmão mais velho do antigo Rei.

Sintra's review:

Tenho que confessar que gosto particularmente de "filmes da epoca" como diz o Goucha. Ha uma certa seriedade e fatalidade nesses tempos que hoje em dia ja nao ha. Pouco espaco para sentimentalidades: nao ha ca perdoes, nada de "vais ver que isso passa e fica tudo melhor", segundas oportunidades sao raras. Eh muito facil cair numa situacao frustrante e sentir que a vida nos fodeu. Eh preciso um certo brio e determinacao. E acima de tudo, saber jogar o jogo da vida, e neste caso, do trono.
A minha personagem preferida eh o Ned Stark (havia duvidas? :P). Parece ser o tipico heroi do tipico filme: honesto, serio, honoravel e com alguma escuridao no seu passado, contra a qual luta, tentando ser um homem melhor. So que isto nao eh o tipico filme. O heroi fode-se e eh manipulado pelos jogadores, os verdadeiros personagens desta serie, que ainda que nao tenham tido grande destaque, fazem-se sentir, directa ou indirectamente. Ainda assim, o facto de aceitar este destino como um soldado, sem medo e com alguma resignacao, e lutar pelos seus ideais, so o tornou a meu ver, o personagem mais importante desta primeira temporada, e sera o padrao pros futuros personagens.
Vale tudo. Imprevisivel. Viciante. Brutal. Esta serie tem que ser vista.


Pedro's review:
OSSUUMMMMMMM. Nunca gostei muito de séries de época até porque costumam ser bastante enfadonhas, não há electricidade nem computadores para hackar um "128 kilobit binary encryption" como nos Transformers 3 portanto fica um bocado aborrecido -- ou assim eu antevejo. Não neste caso. Libertando-se de um local geográfico específico e provavelmente de um universo específico há todos este e aquele pormenor que tornam a série bastante apetecível. Não posso revelar mais pormenores sem spoilar. Tenho só pena de me terem spoilado no Google+ o final do último episódio :(

In other news, Walking Dead está aí um dia destes, mas como quem lê o Comic diz que o Rick é um azarado (spoiler aqui -- ver código fonte deste post se quiserem descobrir, está aqui:) acho que não vou voltar a ver a série...

6 comments:

Pedro F. said...

Só vou acabar a série para a semana provavelmente, estou a ver no máx um ep por dia e não devo ver no fds. Mas digo que já que é AWESOME :D

Daniel Correia said...

Por falar em personagens a mais.... bem depois de alguns episódios dá para acompanhar.
O fim da primeira season está muito bom.
Isto sem spoilers e fdd :P

Sintra said...

TEMOS TEMPO GOUCHA, TEMOS TEMPO!

Hal said...

Acabei de ver ontem e a única coisa q me sai da boca é:
"FOOOOOOODA-SE ONDE ESTÀ A SEGUNDA SEASON?"

Sintra said...

^^ same here!

Peres said...

Pode-se dizer que perdeste a cabeça com a série.