2011-04-18

Irredutíveis

Toda a Europa está sobre o domínio dos mercados Financeiros, excepto uma pequena ilha de irredutíveis Islandeses, que, usando a sua poção mágica, resistem ainda nos dias de hoje



Really, sairam de recessão no terceiro semestre de 2010 e já têem crescimento. Recusaram a entrada do FMI, o resgate dos bancos, e o pagamento da dívida desses bancos ao estrangeiro.

27 comments:

Carlos said...

Ermmm Primeiro... eles só são 300 mil... Nem chega à população do município de Lisboa ou do Distrito de Leiria... Logo, muito mais simples de administrar! (praticamente conhecem-se todos uns aos outros)

Segundo, eles não se recusaram a pagar a dívida aos bancos estrangeiros ou a mercados de dívida... nunca na vida poderiam fazer tal coisa (chama-se default). Se fizessem, perderiam toda a credibilidade no mercado e nem daqui a 20 anos se poderiam tornar a financiar.
O que eles fizeram, foi recusar-se a dar o dinheiro em caixa, a clientes estrangeiros que tinham contas nos bancos deles! Levaram com um processo em cima do Reino Unido e da Holanda, mas por agora anda calma a situação... (pode afectar a sua adesão à UE agora!)

Terceiro, o problema deles foram os bancos e não o estado... Os bancos da Islândia faliram por causa do mercado imobiliário americano e o estado teve que injectar dinheiro para que os seus cidadãos não ficassem "falidos"....

O problema de Portugal é completamente diferente... O estado simplesmente não tem dinheiro em caixa para financiar a sua administração (função publica, ensino, exercito, job's for the boys, etc...)
Depois não conseguimos pagar a quem devemos dinheiro, que pedimos emprestado. (Nem pensar em fazer default ou ousar em sair do Euro, nunca mais nos levantavamos e viravamos uma argentina)

Sintra@Hydro said...

mas esses irredutiveis tem moeda propria e nao tem que seguir as regras da UE
nos tamos autenticamente de joelhos no chao, cabeca pra baixo, rabinho pro ar e maos atadas
unica coisa q se pode fazer eh pedir vaselina

jp said...

É votar num partido qualquer que não o "arco da governação" PS/PSD.
Quer se goste ou não os Filhos Da Puta que lá estão foram eleitos...
Será legítimo perguntar:
Será que em mais de 30 anos de democracia o povo não ainda aprendeu nada?
Segundo as sondagens, parece que não...

katanas said...

@Carlos && @Peres

O que o Peres escreveu está certo Carlos... A Islândia de facto não deixou entrar o FMI no país e recusou-se também a pagar as "bad debts" que tinha no U.K. e na Holanda... ( normalmente só são good debts para os credores...)
- Mas não neste caso !!

Já explico mais a frente...

O que acontece é que quando os Grandes Bancos de Investimento Islandeses ficaram sem solvência, geraram dívidas principalmente no U.K. e na Holanda, e logo a seguir e como é normal quando uma economia está em "apuros" por se dizer, os juros sobem... e subiram! O U.K. e a Holanda exigiram o pagamento dessas dividas imediatamente e com juros ridículos (na ordem de quase juros de Cartão de Crédito, o mesmo aconteceria se deixassem entrar FMI's ou afins), ao que a Islândia disse, "Não" - Não vou pagar! - Há alguma coisa pior que não ser pago de volta seja p que credor for??

Pois, com esta jogada da Islândia, que era a melhor cartada que podiam lançar na circunstancia em q estão, tal como o Ex-Pelintras disse... sem pressões para sangrarem ate a ultima gota "sem ais nem uis" da parte da UE, e com a própria moeda, etc, cria-se uma situação que lhes dá leverage tanto para crescerem tal como apontou o Gnl. Peres, tanto para com este joguete do "com esses juros n pago", se não mais que isto levou á criação de mais empregos, uma economia mais estável e até a que o U.K. e a Holanda fossem forçados, agora sim, á renegociação dos juros do tal "bad loan" é Islândia... daqui só sai um vencedor, é o povo da Islândia e a Islândia cm país... Se eles tivessem pago logo o que lhes exigiam, não teriam crescido e estavam provavelmente na mesma se não pior, os mercados já os "largaram", etc... A Holanda e o U.K. ficam a ver a banda passar enquanto como credores não podem deixar a Islândia afundar sobre uma montanha de juros.

Como credores mais vale receber alguma coisa q não receber nada!!

Carlos said...

Sou-vos sincero... acho que para haver uma Democracia, é necessário ter um povo com cultura social e intelectual. Não temos nem um nem outro em maioria...

Demos literalmente cabo 25 anos de subsídios, achando que podíamos ter todas as regalias que o resto da união Europeia. Sabíamos que os governos sucessivos estavam a fazer asneira, mas deixamo-nos ficar... não quisemos saber, não nos manifestamos... agora olha... pediram-nos para pagar o que devíamos e com Juros...

Peres said...

Carlos, my point remains.

Crescimento positivo.
Desemprego desceu 1% em 1 ano.
Caso algo de para o torto, ligam sempre um novo vulcão e metem a europa de joelhos!

Sintra@HYdro said...

Ha 25 anos atras estava eu com 1 ano de idade. Com 18 anos o pco q sabia eh q tavamos em maos de gatunos, por isso nunca votei em nenhum.
O que eh que "nos" podiamos fazer?
Eu n dei cabo de 25 anos de subsidio. Nem tu, nem ninguem aqui. Eh extremamente facil apontar o dedo a quem deu de facto. Temos o problema continuo de n ter lideres decentes.
Eu alertei-vos com os vids e entrevistas do Medina Carreira, que ja ha mto tempo andava a prever e a indicar como escapar ah situacao em q tamos hoje. Se mais pessoas tivessem visto e prestado atencao, se calhar votava-se menos em socrates e afins... pq o mal eh dar ouvidos a estes bandidos. A tal merda de votar no mal menor so nos foi enterrando mais devagar.
Novamente, falta de lideres decentes. N aceitar o +/-, tem q ser bom ou entao salta.

Nos precisamos de solucoes para agora, e a islandia parece uma luz no meio da escuridao.
N sou especialista na materia, n sei o q fazer. Quer dizer, arranjei uma solucao: bazar! Mto honestamente, como meus amigos, so queria q voces bazassem tbm, pq a vida ainda vai ficar mais fdd por ai.

Enfim, como a maioria dos portugueses pensa "que se ha-de fazer?"
Precisamos autenticamente dum heroi q nos salve. Pena q os nossos herois tenham todos perecido mto rapidamente sem deixar descendencia.

Carlos said...
This comment has been removed by the author.
Carlos said...

Não vou abandonar os meus pais e a minha namorada só porque a vida vai ficar mais lixada...

Sintra said...

e pq n? as tantas os pais ate ficam felizes por ti
qt a namoradas, vejamos, mto peixe no mar :D

Carlos said...

Sintra... foste muito infeliz com esse comentário...

ArabianShark said...

Quantos semestres tem um ano?

Sintra said...

fui? n sei pq

qt a isso de semestres, supostamente 2 neh?

ArabianShark said...

Se são 2 semestres em cada ano, volta lá a ler a última linha do post (Não é "Publicado por Peres às 19:24", é a anterior).

Agora, deixando de ser picuinhas, compreendo tanto a posição do Sintra (empiricamente) como a do Carlos (erm... da outra maneira). Sejamos amigos e concordemos em discordar sem acusações.

E, já agora, será esperar demasiado que as nossas respectivas namoradas (onde aplicável) venham connosco para o Canadá/Austrália/Reino Unido/Banglasedh? Afinal, elas também têm a lucrar!

Peres said...

Hehe, é verdade sim Arabian, typo ali, devia ser trimestre.

Sintra said...

Yep, todos os beneficios q eu ganhei estendem-se ao meu agregado familiar e "parceira". Isso inclui servicos de saude ah borla, seguro de vida, 2 viagens ida e volta pra winnipeg pagas, etc.
Unico problema eh q namorada n eh bem parceira, a n ser q se prove q andem a viver juntos ha pelo menos 1 ano.

"terceiro semestre" loool nem tinha reparado

Hal said...

É triste ver o país assim e vontade de bazar não falta, mas não vou desistir disto.

A true pirate goes down with his ship! ARRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR!

jp said...

@HAL

Os nossos "piratas" já esvaziaram as contas em Portugal, ou nunca as tiveram cá...por isso, mesmo que os bancos vão todos para falência, os "piratas" nunca ficarão descalços.

ARRRRRRRRRRRRRRR!

ArabianShark said...

More of a ninja anyway... Por que julgais que ando sempre de preto? Tenho cara de gótico?

Hyaa!!
*Puff*

Sintra said...

Pensava q andavas a prestar as condolencias ao pais!

jp said...

+ de 20 comentários!!!

Os posts do Peres estão em alta! :P

Peres said...

Sim, e recebo $$$ por cada comentário aqui (o Goucha é que paga), logo, é lucro-lucro.

Incrível pensar que, há 500 anos atrás, nós nos sentamos com os espanhois, olhamos para o mapa do mundo, e dissemos -

"Esta metade é para nós, a outra é para vós", tal não era o avanço tecnológico e económico que tinhamos em relacão ao resto do mundo. O que se perdeu desde então?

katanas said...

Tordesilhas em 7 de Junho de 1494... AHHH...

Perdeu-se tudo... menos os mapas... ainda há mapas... Menos nos U.S.A.'s, aí n há...

Se bem q os Espanhois estao meio desorientados como nós...

Sintra said...

logo vi q este peres era um corrupto!
n sei se eramos mais avancado q os outros, sei eh q nessa altura cada portugues tinha um par de tomates enormes!

katanas said...

lol pois as diferenças podem ser anatómicas tb! Os tecidos moles n fossilizam tao bem assim XD

Sintra said...

tbm, os nossos herois, coitados
olha o viriato, traido pelos amigos! (espero agora uma minitese da parte do peres em relacao ao viriato)

Peres said...

Provavelmente não houve Viriato. Um ícone sub-humano (um pastor como líder) para servir de bode expiatório para os desaires romanos na península frente a vários líderes iberos.

Isto porque Viriato só nos chega através de historiadores romanos, e cujos factos dizem que nasceu ou perto de Abrantes ou da Covilhã, ficou a odiar romanos porque sobreviveu a uma massacre no norte remoto de espanha (?), e que lutou contra os romanos no sul de espanha(?), até se refugiar a norte do tejo. É depois morto por traição (mais uma vez, o inimigo romano é traiçoeiro e desumano) e o seu corpo jaz em local desconhecido.