2011-03-16

All is under control. The reactors are fine.



Quem acredita que está tudo controlado ali, acredita que o orçamento de estado não vai derrapar.

PS: Não quero pensar quem e como arranjou esta foto....aproximar-se nem que seja 30km dali...

5 comments:

Pedro F. said...

Olha em Vladivostok!
«Radiation levels in Vladivostok, a city of 600,000 people about 500 miles northwest of Japan's Fukushima nuclear plant, rose to 14 microroentgens an hour earlier on Wednesday.
The regional emergencies ministry says up to 30 microroentgens an hour is considered safe.
Residents stocked up on iodine and nervously checked radiation levels despite official reassurances there was no danger from Japan's quake-damaged nuclear plant.
Russia's emergencies ministry said that radiation levels remained normal and stressed that there was no risk for human health and that no danger from radiation was expected but many were not convinced.»

Não está bonito não.

jp said...

Infelizmente o nuclear é um mal necessário para muitos países. No caso do Japão, sempre achei que eles usavam a infelicidade de terem vulcões activos para gerar energia geotérmica... Não tinha ideia da quantidade de centrais nucleares que existiam lá... :(

Mas assustador...foi mesmo a França!

www.world-nuclear.org

Daniel Correia said...

Começo a ficar farto do sensionalismo que as televisoes, etc dão ao que se está a passar....
http://www.dailytech.com/article.aspx?newsid=21159
Depois de ler o que dizem no artigo pensem o que quiserem.
Mas digam me sinceramente... se as radiações estivessem em niveis tão perigosos não acham que o perimetro de segurança era maior que 30km ?

Peres said...

Daniel, não falamos de um perimetro de 30km. Falamos de um raio de 30km, que dá algo como 2800km2 á volta da central.

Daniel Correia said...

and? raio de 30km...
Acabaram de subir o grau do incidente para o nivel 5 (escala logaritmica)
http://en.wikipedia.org/wiki/International_Nuclear_Event_Scale
verifica as consequencias dos outro incidentes de nivel 5.