2010-06-21

Sousa Lara voltaria a vetar livro de Saramago - TSF

Sousa Lara foi o responsável do Governo de Cavaco Silva que decidiu afastar um livro de Saramago a uma candidatura a um prémio literário, por considerar que atentava contra a moral cristã. Depois da «reconciliação» entre o escritor José Saramago e o Estado português, o ex-sub-secretário de Estado Sousa Lara disse à TSF que não está arrependido da decisão que tomou há 12 anos.



3 comments:

Pedro Francisco said...

Porque como toda a gente sabe, o estado português é um estado cristão. Onde é que está a cruz de cristo por detrás de todas as comunicações do governo, mesmo?

Halloween said...

LOL Goucha :D Indeed.

Enfim, sem comentários. Não posso dizer que esteja admirado, vindo isto de um gajo que compara o Saramago ao Berlusconi!

Sintra said...

Uma beca parvo, enfim.
Tbm, nunca li nada dele :P