2009-05-15

Síndroma de pequenez, ou porque não se deve generalizar.

Depois de acesa polémica e quentes discussões, decidi postar isto, com cortesia do ministério da defesa português:



"Portugal apresentou em 11 de Maio de 2009, ao Secretário-Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, a sua submissão para a extensão da plataforma continental para além das 200 milhas náuticas. Esta submissão baseia-se nos resultados de quatro anos de trabalhos de investigação pluridisciplinar necessários à fundamentação da reivindicação nacional proposta, no que concerne a extensão dos limites da plataforma continental. Se a proposta nacional for aceite, Portugal poderá aumentar a sua área marítima para mais de 3 milhões de quilómetros quadrados, o que corresponde a mais de 30 vezes o território nacional."


Que quer isto dizer?


Que Portugal é mais que um pequeno país à beira mar, é mais do que alguém deprimido com a "pequenez", e tem gente e ideias que permitem isto:



Mapa


Mas diz o pessimista: "E quê? Mais água do mar não paga a renda ao fim do mês."


O fundo dos oceanos é riquíssimo, e não falo só de petróleo, mas de gás natural e muitas "plataformas" minerais. Falamos de 30 vezes o território nacional, 30.

9 comments:

Exclamation Point! said...

lololol
vai lá tu explorar o fundo do mar, que eu cá gosto de estar em terra.
Ah pera, os espanhois é que vão pegar nisso.

Sintra said...

Ui que ficou tão desformatado no opera. E não consigo chegar o texto à esquerda.

Sintra said...

Pronto, tá chegado à esquerda.

Sintra said...

Quê, tavas à espera dum comment?

Saurnil said...

Hmm... Mas assim , se quiser ir para S. Miguel de barco, continuo a ter que ir dar a volta por baixo, pela Madeira, não? :P

Pedro Francisco said...

Eu já ia mandar vir com o texto porque pensei que fosse contra a realização desse pedido. Depois percebi que tinha lido o parágrafo irónico mal e percebi que era a favor. Portanto, concordo com o texto e acho bem que se faça isso.

Quem ainda tiver dúvidas, é favor desamparar a loja e ir criticar a Rússia que anda a fazer o mesmo. Tirando que a Rússia quer um naco do Ártico (?) mas pronto.

katanas said...

Ártico (?) = OIL = MONEY

Jamex said...

Que eu saiba o Tratado de Tordesilhas nunca foi anulado.
Portanto tudo aqui é nosso.

Pedro Francisco said...

:D