2009-03-27

O Duelo (final? Custa-me a crer...)

Ora bem, já que parece se um assunto tão badalado no panorama blogosférico actual, vamos lá a decidir de uma vez por todas num evento adequadamente intitulado...

Battle of the Blondes!!!
there might be Blood...

O evento desta noite opõe, como seria de esperar, Scarlett Johansson a Katherine Heigl. As regras são simples: as combatentes vão ser comparadas em diversas categorias e julgadas por um juri imparcial constituído por, em ordem alfabética, mim. Quem não gostar desse pormenor, que arranje uma insónia como a minha e vamos discutir o próximo evento juntos. No final, só pode haver uma vencedora.

Round 1: Nome

Scarlett I. Johansson: Scarlett é logo uma boa maneira de começar. Evoca a cor escarlate que, por sua vez, como o primo próximo vermelho, evoca calor, desejo e paixão. O sobrenome Johansson é dinamarquês, o que é meritório de um grande "'tá bem". O I. é uma inicial mistério. Kudos para quem souber o nome do meio.

vs.

Katherine Marie Heigl: Katherine também é bonito, e o diminutivo Kate é extremamente fofinho. O sobrenome Heigl, que se pronuncia "aigle" (como se não já soubessem)é alemão (acho eu...). O nome do meio, Marie, leva o carimbo de aprovação "'tá bem".

Vantagem: Scarlett Johansson.

Round 2: Sob a fita métrica

Scarlett Johansson: 1.63m, 91-63-96 (mais ou menos)

Katherine Heigl: 1.75m, 96-66-96

Vantagem: Esta parte não é nada fácil... Como é que se arbitra qual destes conjuntos de números é melhor? É que aqui não podemos, de maneira nenhuma, aplicar a regra do "maior é melhor", sobretudo não às cegas. Assim, a custo, arbitro: Katherine Heigl. Quem quiser uma explicação mais detalhada venha falar comigo. Quem discordar, problema dele/a.

Round 3: Quando e onde

Scarlett Johansson: 22 de Novembro 1984, New York City, New York, USA

Katherine Heigl: 24 de Novembro 1978, Washington, District of Columbia, USA

Agora já sabem que já abandonei a réstia de pretensão de que isto era uma coisa minimamente séria que ainda tinha. Já viram, os aniversários delas são bastante próximos, o que, por um motivo qualquer, eu acho extremamente curioso.

Vantagem: Scarlett Johansson. Com ou sem torres, NY > DC. Depois, a idade da Scarlett parece-me mais, digamos, convidativa.

Round 4: Destaques

Scarlett Johansson:
      Para cima: "The Island", "Scoop".
      Para baixo: "Eight Legged Freaks".

Também há muito a dizer de "He's Just Not That Into You", "Vicky Chistina Barcelona" e "The Spirit", mas ainda não os vi.

Katherine Heigl:
      Para cima: "Knocked Up", "Grey's Anatomy", "Roswell".
      Para baixo: Na verdade, acho que nunca vi nada com ela de que não tenha gostado...

Vantagem: Katherine Heigl, mas por pouco.

Round 5: Sci-Fi geek time

Scarlett Johansson: Clonada em "The Island", com o Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) e o Boromir (Sean Bean).

Katherine Heigl: Alien em "Roswell" com uma data de indivíduos cuja habilidade enquanto actores quase estragou uma história porreira.

Vantagem: Scarlett Johansson e todas as suas cópias.

Resultado Final: 3 - 2

É oficial. Scarlett Johansson vence esta edição do "Battle of the Blondes".

Mas esperem!

A Challenger Appears!!!

Nome

Angelina Jolie Voight (sim, é naturalmente loira, mas prefere pintar o cabelo): Nada de especial. Angelina tem uma certa musicalidade interessante, mas fica por aí.

Sob a fita métrica

1.73m, 96-68-96: Aquém da Katherine. Já em comparação com a Scarlett...

Onde e Quando

4 de Junho 1975, Los Angeles, California, USA: É preciso reconhecer que a "Cidade dos Anjos" tem um certo apelo que falta a Nova Iorque... e não é pelas torres.

Destaques

      Para cima: "Gone in Sixty Seconds"
      Para baixo: Quase tudo o resto. Pior ainda ultimamente. A sério, "Wanted"? "Mr. & Mrs. Smith"? Estão a gozar comigo?

Sci-Fi geek time

Lara Croft nos dois últimos pregos no caixão da franchise. Eu era um autêntico agarrado aos Tomb Raiders. O primeiro filme era com o Daniel Craig. Aparentemente, antes de se ter licença para matar, é preciso licença para suckar (excepção feita ao Sean Connery).

Veredicto: Sem hipótese...

Depois desta ridícula intromissão de uma personagem ridícula num post ridículo de um blog extremamente sério (ou não), declaro a Scarlett Johansson a loira e mascote oficial da Corporação Disco-Bar até arranjarmos uma melhor. Não tem que ser hoje.



Pax vobiscum atque vale.

P.S.: Quando fui ao Google procurar a imagem acima, o Goolge ofereceu-se para procurar também pela Jessica Alba. Realmente, como é que ela ainda não veio à baila esta conversa?

7 comments:

Peres said...

Pior que uma insónia, só mesmo as Sónias.

Ou então falta de sono, sim, isso também é danado.

Quanto á competição, fantastico pensar que uma tem 25 anitos e a aigle 31, não parece nada.

Sintra said...

Ya porra, eu pensava o contrário. Assim concordo com o senhor tubarão.

ArabianShark said...

Sôr Peres, há delas. Há Sónias que não incomodam e há Sónias cujas mães nunca haviam de ter nascido. E depois há a Red Sonja, mas isso é outra conversa.

Muito obrigado, Sintra. Esse foi dos melhores elogios que já recebi :D

Miguel said...

E então e a Scarlett no filme Matchpoint ?? E no Lost in Translation ??? Nos filmes ganha a Scarlett, obviamente.

Era um 4-1 brutal.

Sintra said...

Esse filme da Red Sonja vale a pena ver? Sei que tem o Arnold! :P

ArabianShark said...

Credo, não! O próprio Governador Implacável diz que ameaça os putos que, se se portarem mal, obriga-os a ver o filme.

Halloween said...

LOL zomg brilhante posta.