2008-09-21

Tentativa de contar piada

Antes de tudo, não prometo fazer vossa excelência rir-se à parva. Daí isto ser uma tentativa.

Ora bem, situação... pois bem, imagina que estás tranquilamente numa aula teórica, mantendo uma concentração FENOMENAL, quando o arroz de pato da noite anterior começa a dar sinal de si. Sim tá-me a doer a barriga. Mas foda-se, isso aguento bem.
Peeeera, a dor torna-se mais aguda e começo a sentir movimentos intestinais que indicam que isto não se trata de uma dorzita! Ah porra, já não ouvi o que o prof estava a dizer.
Começam os suores frios. Aquele arroz de pato não caiu nada bem. Sinto que os colegas e mesmo o prof são simplesmente cenário para esta tragédia. Ui ui ui ui ui!
OK TOCA A LEVANTAR E BAZAR DA AULA, ARREDA E CAMINHO PRA CASA QUE ISTO HOJE NÃO VAI SER FÁCIL.
"E porque não ir ali à casa de banho do departamento?"
PORRA TOU TODO FODIDO E ODEIO CAGAR FORA DE CASA. PORRA PORRA PORRA.
Sigo ali com o speed todo e a meio caminho tenho que parar. Caralho, foda-se, merda, etc, etc. EU CONSIGO EU CONSIGO EU CONSIGO... ABRA TOCA A ANDAR.
E finalmente tou a chegar a casa, e agora, os anormais dos meus olhos viram-se pro cérebro: "ena, chegamos a casa! Bora cagar!" - Só que eu ainda tenho que abrir a porta do edifício e tou-me a atrapalhar todo com as chaves e as mãos suadas. E a merda do elevador está parado no andar de cima porque alguém está à espera dum amigo ou uma merda assim.
ALTAMENTE, BORA SUBIR 12841837513962476940 LANCES DE ESCADAS TODO AFLITO PRA CAGAR.
Finalmente, e já a morrer, abro a porta do apartamento, atiro a pasta pro chão e enfio-me na casa de banho.
Só que esta casa de banho é uma merda. Tipo, tens uma parede incostada à sanita. Epa um gajo tem que se sentar na diagonal, e a foda é q tens a banheira logo ao lado.
Ora, eu preciso de um certo afastamento entre as pernas para uma cagação mais confortável. EU TENHO QUE DESCALÇAR UM SAPATO PARA LIBERTAR A PERNA DAS CALÇAS PARA A ALÇAR PARA DENTRO DA BANHEIRA.
Passado um quarto de hora (se calhar foi mais) a suar, gemer e suspirar, descubro que se acabou o papel.
Não tenho mais nada a acrescentar.

8 comments:

Pedro Francisco said...

LULZ :D PRICELESS :D

Halloween said...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH :D

ArabianShark said...

Eu não gosto de me rir da desgraça alheia, excepção feita à malta de quem eu não gosto, mas, sim senhor, um excelente exemplo da Lei de Murphy. Digno de um filme de comédia.

Por essas e por outras é que eu guardo o papel higiénico na própria casa de banho.

neca said...

Owned!

Jamex said...

Sem sombra de duvidas o melhor post de todos os tempos deste blog :P
Como eu te compreendo

Telmo said...

Foooda-se! Que merda do caralho! Não tiveste colhões para mandar uma g'anda cagada na puta da casa-do-caralho do departamento? Ou isso ou já não bates punhetas mentais...

Ter de ir cagar a casa é coisa de paneleiro! Puta que pariu...

E também não tens papel higiénico POR-QUÊ, ó boi do caralho? Gostas é de esfregar merda às paredes...
Há-des cá vir a casa cagar... há-des há-des...
Fazes dessa merda cá em casa, enfio-te o rolo pelo cu acima que te fodo, ó paneleiro!...

---

Lamento imenso! Bem sei o que isso é... Já vos contei, mas diarreia + exame = situação não muito agradável.

Sintra said...

A alternativa é sempre ir cagar pra outro departamento. Porquê? Simples, lá ninguem te conhece. Podes fazer o barulho que quiseres e estar tranquilo que ninguem que conheces te vai gozar.

katanas said...

è lá.... o telmo esta chateado....
Chiça!!... vou-me já embora deste site antes q ele me comece a insultar...

Good Tale though! :P Shit does happen