2017-06-18

«Garcia Pereira apresenta queixa contra o Metro de Lisboa»

Em 2017 os casos aumentam de gravidade: em 7 de Março, no Saldanha, um homem fica preso numa porta e só se salvou porque os passageiros puxaram o sinal de alarme. Felizmente, a última carruagem não tinha ainda passado o cais da estação e a composição parou. Senão, a vítima teria seguido entalada até à estação seguinte porque o alarme só faz parar o comboio quando pelo menos uma carruagem tem acesso a um cais para eventual evacuação.
Três dias depois um homem fica entalado na porta e só não “viajou” assim entre duas estações porque caiu a meio do percurso. Na estação seguinte os passageiros alertam o maquinista que este perdera um passageiro, mas pouco depois vêem, estupefactos, o homem a caminhar, vindo do túnel, cheio de escoriações. Sobrevivera miraculosamente.

Garcia Pereira apresenta queixa contra o Metro de Lisboa | PÚBLICO


1 comment:

ArabianShark said...

Ah, as Olaias... Eu nem gosto lá muito de Lisboa ou do respectivo Metro, mas a estação das Olaias é bem bonita...

Chelas também não é feia.