2010-07-18

Recomendação de séries

Pessoalmente, comecei a ver o 'The Wire' e estou a gostar. Recomendo. Os primeiros 2 ou 3 episódios são utilizados para construir o ambiente e depois começa a aquecer. Não há grandes feitos, grandes momentos dramáticos. Há um polícia que é chato como a potassa em querer investigar a fundo um traficante de droga, mesmo que isso signifique o polícia ser depois mandado para uma divisão da treta e que se tenha de seguir o dinheiro que o traficante de droga ganha e gasta em várias coisas, entre as quais contribuições para campanhas políticas. Não há um grande tema da série, apenas a história de uma operação policial.

Entretanto a falar com o Mesquita ele recomendou-me 'The West Wing' ou, na tradução para português, 'Os homens do presidente'. Pelo que ele disse é algo a ver.

O Pai Natal entretanto recomendou-me Leverage.

Procuram-se: outras series deste género.

9 comments:

ArabianShark said...

Nunca consegui gostar de "West Wing", mas a culpa deve ser minha.

"Leverage" é muito fixe.

Halloween said...

Presumo que estejas a seguir Dexter, amiright?

Sintra said...

Comecei a ver fringe.
Ainda n sei se tou a curtir ou n, mas vê-se.

Pedro Francisco said...

No sir, não estou a ver Dexter. Não acho grande piada, talvez se começasse a ver me prendesse mas o pouco que vi não achei muita piada.

Pedro Francisco said...

Fringe é do J. J. Abrams. Depois do Lost espero bem que ele se foda.

Sintra said...

hater

Halloween said...

BTW e Flashforward, já viste? Tava mto bom, antes de cancelarem a série.

Pedro Francisco said...

Vi. Meh, para o final já estava a ver mais por vício que por estar a achar piada. O Demetri devia ter morrido.

Saurnil said...

Vi alguns episódios do "West Wing" há uns anos e gostei bastante.

Não tem nada a ver, mas neste momento ando a ver "In Treatment". A série é sobre um psicoterapeuta de 53 anos que acompanha meia dúzia de pacientes, 1 por episodio, e estes vão alternando. Por vezes o próprio psicoterapeuta tem que visitar um outro psicoterapeuta para ajudar a lidar com os seus problemas pessoais e desgastes do ofício.